O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


  Início

  Noticias&
  Reports

  Artigos

  Destinos

  Loja Online

  Fotos

  Filmes

  Blogs de Pesca

  Equipamentos

  Tutoriais

  Informações

  Outras Coisas

  Colaboradores

  Parceiros

  Newsletter

  Comentários


  

  Coordenador &
  Digital Designer :
   José Luis Costa

  Conteudos:
   Veja Colaboradores

  Publicidade:
   Contacto

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Entrevista Fernandes

VITOR FERNANDES   

Local: LEIRIA - Clube representante:  CLUBE NAVAL DA NAZARÉ
PE - Como é que a pesca desportiva entrou na sua vida?

VF – Ora bem, eu já faço surfcasting à 25 anos, com o meu pai Joaquim Fernandes, que me ensinou desde cedo e com quem tive o prazer de partilhar grandes pescarias, não posso  deixar de falar no meu amigo Marco Santos que foi meu parceiro de muitas e muitas noites de pesca.  Eu costumo dizer que o que me corre nas veias é àgua salgada e não sangue. Sim, tenho realmente uma grande paixão pelo mar e pela pesca.

PE - Tens algum mentor na pesca? Alguém a que tu possas chamar de “mestre”?

VF – Tenho dois,  no surfcasting  é sem dúvida o meu pai, foram brutais os anos de aprendizagem que tive com ele. Ele quase que me traduzia o mar e fazia com que eu entende-se cada passo a dar, para conseguir uma evolução gradual e inteligente. Devo-lhe muito, OBRIGADO PAI.
Na pesca embarcada o meu grande amigo António Ferreira, é o meu conselheiro ´privado` no que respeita a preparação de um treino ou prova de competição. Ensinou-me e deu-me conselhos de ouro, para eu ter uma boa adaptação na competição. Fazemos muitas pescas de lazer, onde aproveitamos para evoluir e também partilhar ídeias de pesca.
PE - E a pesca de competição? Como surgiu?

VF – A pesca de competição surgiu devido a très amigos com quem já pescava, o grande António Ferreira, o  Miguel ´Niko` e o Paulinho que me desafiaram, e então participei na època transacta de pesca desportiva do alto mar 2011, pelo Clube Naval da Nazaré.

PE – Até ao momento quais são os teus melhores resultados desportivos?


VF – Foi em quatro provas da 3ª divisão em 2011, fazer um segundo,  très primeiros lugares da geral e ser campeão nacional da 3ª divisão 2011.

PE - O que mais te marcou neste trajeto competitivo?

VF – O que me marcou mais foi o companheirismo e a entre-ajuda dos atletas em competição, estando sempre prontos a ajudar. Em relação a provas, foi na prova da 2ª mão da 3º divisão 2011 que se realizou na Ericeira, onde consegui fazer 124 peixes, com uma soma de 4.480 pontos. Foi sem dùvida uma prova que me marcou e que nunca mais vou esquecer.
PE - O que achas que um atleta deve fazer para chegar ao topo da pesca de competição?

VF –
O atleta deve ser humilde, saber acatar os conselhos dos mais experientes, estar sempre muito atento, ter muita paciência e por fim, que penso ser o mais importante, saber adaptar-se a qualquer situação de prova sem afectar a análise e o seu desempenho competitivo. Não posso deixar de dizer, que ter a paixão pelo mar é a melhor  vantagem de todas.
PE - Como Atleta federado o que achaste do campeonato de 2011?

VF - Pra mim o campeonato de 2011 além de ser a minha primeira vez na competição, foi bastante gratificante para mim em todos os sentidos. Foi muito bom aprender coisas novas com atletas mais experientes, sentir o ambiente frenético de uma prova ao vivo e a cores, sentir a camaradagem que ainda existe entre todos os atletas, foi muito bom. Ter conseguido conquistar o campeonato nacional da 3ªdivisão, foi concerteza pra mim a cereja no topo do bolo.
PE - Estamos já a pouco tempo do inicio do campeonato, e este ano de 2012… como é que vai ser na tua opinião?

VF - Penso que vai ser bastante competitivo e renhido porque temos muitos e bons atletas, cada vez mais aplicados tanto na prática como na teòrica e assim conquistar o tão desejado equilíbrio em prova.Se olhar-mos para a final da 3ªdivisão de 2011, onde participei, ganhei apenas por 15 pontos ao 2º e por 35 pontos ao 3º classificado. Vai ser concerteza um grande campeonato de 2012. Aproveito para desejar á nossa grandiosa seleção nacional as maiores felicidades.

PE - Com esta crise que se houve falar todos os dias, como vês o futuro da pesca de competição em Portugal?

VF - Como sabemos Portugal tem poucos recursos para disponibilizar á pesca de competição, como tal o peso ìrá cair em cima dos clubes e dos atletas que assim terão de participar com mais euros para fazerem a sua època, mesmo assim penso que futuro da pesca de competição terá um grande futuro, com a ajuda de todos é claro.
PE - Na tua opinião, deveria haver mais apoios a nível das marcas nacionais para apoio desta modalidade? Em que sentido?

VF -Claro que sim:) era muito bom para todos os atletas terem acesso a materiais de qualidade, canas, carretos, roupa própria para pescar, fios de ultima geração etc, por um preço mais reduzido e acessìvel. Aproveito para fazer um apelo ás marcas nacionais que façam um esforço para ajudar os nossos atletas nos seus campeonatos e assim ajudar a preservar a nossa pesca de competição.
PE - A federação de pesca de alto mar vai ter eleições brevemente; esperas que esta nova direção deva fazer algo diferente ou manter o mesmo sentido da anterior?

VF - Penso que fazer parte da direção da federação portuguesa do alto mar, é de grande responsabilidade, e temos de felicitar as pessoas que se dedicam de corpo e alma em prol da competição. Acho que foi feito um bom trabalho pela direção cessante e, de certeza que a nova direção ìrá fazer um excelente trabalho. Apostar em coloquios sobre a pesca de competição seria um bom exemplo a tomar.
PE- Quais os locais que mais gostas de pescar a nível de provas?

VF – O primeiro local é na Nazaré e o segundo é na Ericeira.

PE - Algum sitio em particular que gostasses de pescar em competição, ou lazer?

VF - Na pesca embarcada gosto muito de pescar em frente á Foz de Arelho, na Nazaré e na Ericeira.No surfcasting gosto de pescar na praia da Consulação em Peniche e na Foz de Arelho.

PE – Pescas com que cana(s)? e carreto(s)

VF – A cana com que pesco é a união de dois elementos de canas shimano diferentes, elemento inferior da lesath ´spinning` e o elemento superior da speedmaster ´embarcada`. O carreto é um shimano stella fa 6000.

PE – Que linhas e anzóis preferes?


VF - Em relação às linhas o sagrado seaguar, os anzois da sasame e da hayabusa.
PE – O que gostarias de ver alterado nos atuais regulamentos da competição?

VF - Pra mim é um pouco cedo para opinar acerca das regras, uma vez que sou muito novo na competição,com apenas um ano 2011, e ainda existem  muitas dùvidas do que é ou não o mais correcto a fazer, numa situação mais complexa de prova. No entanto penso que temos a nìvel nacional pessoas competentes para conseguir um regulamento armónico, justo e humilde para todos.

PE - Sugestões para melhorar a Pesca de Competição?


VF – Acho que estamos no bom caminho, tem de passar por todos, com um esforço dos atletas e da federação conseguiremos levar a competição a bom porto. Por isso peço união a todos.

PE - Atualmente, qual ou quais os teus pescadores preferidos? Nacionais e estrangeiros?


VF – Tenho très nacionais, com quem já tive o prazer de pescar , que são o Rui Soares, o José Luìs Costa e claro o meu grande mano António Ferreira.
PE - Que tipo de pesca embarcada gostas mais de fazer?

VF – Gosto muito de zagaiar ou corricar embora o faça poucas vezes, e também de pescar aos diversos com linhas finas, à espera de um exemplar maior que me faça disparar o coração, eheheh.
PE - Para além da pesca embarcada quais são as outras modalidades de pescas que praticas?

VF – Além da pesca embarcada faço surfcasting noturno e também algum spinning.

PE - Que conselho dás aos mais novos que estão agora a começar?

VF – O conselho maior que dou é terem muita paciência, até conseguirem começar a por em práctica o que imaginam. É uma técnica que me foi passada, primeiro a teórica e só depois a práctica.
Que tentem ser humildes,  justos e que tenham confiança neles próprios. Nunca se esqueçam que na competição, por cinco pontos se ganha por cinco pontos se perde.


PE - Algum agradecimento especial?


VF – Quero em especial agradecer aos meus pais, Isabel e Joaquim, que me ajudaram sempre que precisei. Quero também salientar o apoio dado pelos amigos, António ferreira, Paulinho, Miguel´niko`, Marco Santos, Vitor ´preto` e a todos os atletas do Clube Naval da Nazaré. Muito obrigado.
 
Share |
 
 


CURRENT MOON

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Privacidade Copyright © 2010 - 2014 www.pesca-embarcada.com Sobre