O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


  Início

  Noticias&
  Reports

  Artigos

  Destinos

  Loja Online

  Fotos

  Filmes

  Blogs de Pesca

  Equipamentos

  Tutoriais

  Informações

  Outras Coisas

  Colaboradores

  Parceiros

  Newsletter

  Comentários


  

  Coordenador &
  Digital Designer :
   José Luis Costa

  Conteudos:
   Veja Colaboradores

  Publicidade:
   Contacto

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Entrevista com Rui Soares
Rui Pedro L. Soares
Natural de Olhão
04/11/1965
Grupo Naval de Olhão
Classificações Individuais

2007 - 3ª.Divisão - Campeão Nacional.
2008 - 2ª.Divisão - Campeão Nacional.
2009 - 1ª.Divisão - 19º.Classificado - Descida à
             2ª.Divisão.

2010 - 2ª.Divisão - 14º.Classificado - Subida à
             1ª.Divisão.

2011 - 1ª.Divisão - 2º.Classificado - Apurado para a
            Selecção Nacional.
Classificações Colectivas

2009 - 4º.Classificado Campeonato Nacional Clubes.
2010 - Campeão do Mundo de Clubes em Setubal.
           - 2º.Classificado Campeonato Nacional de
             Clubes.

2011  - 3º.Classificado Campeonato Nacional de
             Clubes.

           - 8º.Classificado Campeonato Mundo Clubes em
             Martigues – França.

Garoupas
PE - Como é que a pesca desportiva entrou na sua vida?

RS - A pesca desde sempre fez parte da minha vida, pois praticamente fui “crescendo dentro da pesca” uma vez que os meus pais sempre tiveram comercio relacionado com pesca tanto desportiva como profissional, mas a pescar propriamente só a partir dos meus 16/17 anos.

PE - Tens algum mentor na pesca? Alguém a que tu possas chamar de “mestre”?

RS - Mentor ou Mestre, propriamente dito não, fui aprendendo com os vários amigos e companheiros de pesca ao longo dos anos e também muita aprendizagem de “balcão”, pois são muitos anos atrás de um balcão de comércio de pesca o que também ajuda. Também muitas referências a partir dos vários atletas do meu clube o GNO que tem um grande histórial na pesca embarcada nacional ao longo dos anos.
PE - E a pesca de competição? Como surgiu?

RS - A partir dos muitos concursos de pesca embarcada organizados pela secção do GNO nos quais participava, até que surgiu o desafio para participar mais a sério e pronto e ai estou eu (2007) na competição de pesca desportiva embarcada de alto mar.

PE – Até ao momento quais são os teus melhores resultados desportivos?

RS - Sem duvida o deste ano 2º Lugar na 1ª Divisão o que me possibilita a participação no Campeonato do Mundo de 2012 em representação do meu país, que penso que será  um dos prémios mais ambicionados por qualquer um que ande nestas andanças.
Também não posso deixar de salientar a vitória no Campeonato do Mundo de Clubes de 2010, uma vitória que nos encheu de orgulho uma vez que conseguimos bater entre outras, 2 equipas fortíssimas, a Companhia dos Mares (das melhores de Portugal) e a Lenza Emilia – Italiana (talvez a melhor do Mundo).

PE - O que mais te marcou neste trajeto competitivo?

RS - Ao longo destes 5 anos que levo na competição , sem duvida as amizades que fui fazendo ao longo destes anos, bem como o companheirismo sempre presente durante as provas.

PE - O que achas que um atleta deve fazer para chegar ao topo da pesca de competição?

RS - Penso que a receita passa basicamente por estes ingredientes, muita humildade, muito trabalho, muita dedicação, muita cabeça, bom observador, gostar muito de pescar, espírito competitivo, não desanimar perante as adversidades e claro um pouco de sorte.
Rui com um bom Pargo
Cherne
PE - E para o ano que vem 2012?

RS - Vai ser um ano com trabalho extra pois para além do Campeonato Nacional, que é cada vez mais equilibrado, tenho também pela primeira vez a participação no Campeonato do Mundo de Seleções que penso que se irá disputar em França – La Rochelle e não na África do Sul como inicialmente estava previsto. Ora isto quer dizer muito trabalho e responsabilidades acrescidas, mas também muita aprendizagem bem como novas amizades o que me deixa bastante entusiasmado.

PE - Como vês o futuro da pesca de competição em Portugal?

RS - Na nossa vertente a da pesca embarcada, penso que a nível de atletas cada vez estamos mais capazes, o nível tem subido bastante, com reflexo nas classificações obtidas a nível Internacional, ora por aí não vejo problemas bem pelo contrário. Problemas esses sim, vejo na dificuldade de captação de novos atletas, pois cada vez existem mais dificuldades a nível financeiro tanto nos Clubes, como nos atletas, uma vez que os apoios são cada vez menos ou por vezes nulos, e como sabemos nesta nossa competição de Pesca Embarcada as inscrições são bastante dispendiosas o que se torna cada vez mais difícil o aparecimento de novos valores, em especial jovens.
PE- Quais os locais que mais gostas de pescar a nível de provas?

RS - Gosto em particular da Nazaré e de Setubal.

PE – Pescas com que cana(s)? e carreto(s)

RS - Em relação às canas tenho tido várias de que gosto de pescar de momento estou a utilizar as canas da Artico em especial a Dinamit TNT medium de 4 e 5 mt.
Em relação aos carretos prefiro os Daiwa modelos Tournament Iso e Basia
.

PE – Que linhas e anzóis preferes?


RS - As linhas prefiro as Seaguar e Fantasma da Tubertini nos anzóis prefiro os Sasame e Hayabusa.
Garoupa
Sargo Veado
PE – O que gostarias de ver alterado nos atuais regulamentos da competição?

RS - Penso que em regra geral estão bem, as alterações que têm vindo a fazer ao longo destes anos têm contribuído para uma maior verdade desportiva onde o fator sorte cada vez mais tem vindo a perder protagonismo o tem contribuído para competições cada vez mais equilibradas.

PE - Sugestões para melhorar a Pesca de Competição?


RS - Mais facilidade na participação dos clubes com a Federação, talvez criar Associações de forma a facilitar a comunicação entre os clubes e consequentemente com a Federação. Melhor conhecimento e mais envolvimento por parte dos atletas federados nas respectivas regras e assuntos relacionados com a sua competição.

Divulgação da modalidade pois praticamente não existe, tirando algumas iniciativas como esta do amigo José Luís que é de salutar, por exemplo na única revista de pesca que existe em Portugal é raro aparecer alguma noticia da nossa competição.
PE - Atualmente, qual ou quais os teus pescadores preferidos? Nacionais e estrangeiros?

RS - A nível nacional existem muitos bons pescadores, mas para mim tenho que realçar 3 deles, o Fernando Hilário, o Cláudio Cristóvão e o Sílvio Santos que nos últimos anos têm estado sempre no top da pesca embarcada nacional, o que não é nada fácil, pois lá chegar as vezes chega-se mas conseguir manter o nível é que já é mais difícil, só demonstra a muita qualidade que têm.

No que toca a nível internacional da pouca experiência que tenho, destaco dois Italianos o Marco Volpi e o Paolo Volpini, que são dois monstros sagrados da modalidade.


PE - Que tipo de pesca embarcada gostas mais de fazer?


RS - Não tenho preferências desde que vá a pesca tudo bem, as devo realçar o Jigging pois tive umas experiencias fabulosas nos Açores.
PE - Que conselho dás aos mais novos que estão agora a começar?

RS - Que treinem muito, que sejam pacientes não tenham pressa pois devagar se vai ao longe, estejam atentos observem muito (com olhos de ver), peçam conselhos aos mais experientes e acima de tudo sejam humildes com tudo isto penso que vão conseguir atingir os objectivos.

PE - Para além da pesca embarcada quais são as outras modalidades de pescas que praticas?


RS - Praticamente só pesca embarcada e algumas investidas no Spinning que acho bastantante interessante, pois o tempo disponível também não ajuda.

PE - Algum agradecimento especial?


A todos aqueles que me ajudaram, ensinaram e apoiaram ao longo destes anos a alcançar os meus objectivos.

Em especial à minha família e em particular à minha mulher por todo o apoio mesmo em alturas mais difíceis que são sempre quando tem que se conciliar família com saídas de pesca quando o tempo disponível não é muito.
 
Share |
 
 


CURRENT MOON

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Privacidade Copyright © 2010 - 2014 www.pesca-embarcada.com Sobre